As maiores dúvidas

A Revista Nova consultou especialistas para responder às dúvidas mais comuns sobre tintura. Se você está pensando em tingir o cabelo, seja no salão ou em casa, não deixe de ler esta matéria!

Qual a diferença entre reflexos feitos com touca e com papel?

"Com o papel é possível pintar a raiz desde o começo, dando um efeito mais natural", explica Bill Billy, do salão Jully Le Visage. Com a touca, alguns centímetros perto da raiz não recebem a coloração.

Aplicar uma coloração permanente estraga os cabelos?

Se for uma tintura de boa qualidade e usada de maneira correta, não. Atualmente, as colorações possuem em sua composição proteínas da seda que são absorvidas pelo cabelo, tratando, dando brilho e maleabilidade. "Porém, quando o cabelo está ressecado ou com pontas duplas, ele pode acabar quebrando. Felizmente, o estrago não é definitivo, porque existem tratamentos adequados", explica o dermatologista Valcenir Bedin. "Depois de tingidos, os cabelos precisam de cuidados especiais", adverte Narciso Corrêa Neto, técnico da Keune. Isso significa aplicar xampu específico para cabelos coloridos (que limpam sem tirar o pigmento), fazer hidratação (pelo menos uma vez por mês) e usar produtos com protetor solar (o sol desbota a cor mais rapidamente). Os condicionadores sem enxágüe são ótimos protetores. A amônia, um dos ingredientes das colorações permanentes, danifica os fios?

Luzes ressecam menos o cabelo do que a tintura?

Não. O processo das luzes é mais intenso, pois envolve um clareador (que atua apenas em cabelos naturais) ou mesmo um descolorante (que contém amônia)."A tintura, por sua vez, tem vários hidratantes em sua fórmula que balanceiam a ação agressiva do processo", explica Neuci Ferreira, do salão Socyettà. Depois da descoloração, para minimizar os efeitos, os especialistas recomendam o uso de produtos com poder de hidratação.

De quanto em quanto tempo devo passar a tintura para que a cor fique bonita mas não danifique meu cabelo?

Se a cor for clara, deve-se aplicar a tintura de vinte em vinte dias, apenas na raiz que cresceu. Se for escura, de trinta em trinta dias. A cor consegue permanecer bonita e sem desbotar, apenas com o retoque da raiz, por no máximo três meses (cores claras) ou um mês e meio (cores mais quentes, como cobre, vermelho, dourado). Após esse período, é necessário aplicar a tintura no cabelo inteiro de novo.

Quero clarear meu cabelo. Devo usar só a tintura ou passar um descolorante antes?

Depende do caso. Se você tem cabelo castanho-escuro e quer deixá-lo louro, uma grande mudança, é preciso fazer uma descoloração e depois aplicar a tinta. Se o cabelo já é claro e nunca foi pintado antes, é possível abaixar alguns tons só com a tinta. Mas lembre-se: tinta não clareia tinta. Por isso, se o cabelo já passou por alguma coloração, apenas a tintura não adianta.

Posso fazer permanente ou alisamento logo depois de pintar meus cabelos?

"Antes de mais nada será preciso se certificar de que a fórmula dos dois produtos é compatível - e, isso, quem vai saber analisar é um profissional. Se a resposta for afirmativa, o indicado é dar um intervalo de trinta dias entre um processo e outro", explica Flavia Guimarães, técnica da Wella.

Meu cabelo passou por duas tinturas em um espaço de tempo muito curto. Os fios ficaram ressecados e quebradiços. Como recuperá-los?

Experimente recorrer aos banhos de creme à base de cimento reconstrutor ou queratina. "Esses produtos devem ser usados por um mês (o xampu e o condicionador em todas as lavagens e o hidratante uma vez por semana). Eles conseguem reconstituir boa parte da fibra destruída em processos químicos", explica Eron Araújo, do salão Spettacolo por Celso Kamura.

Como posso saber se a cor do meu cabelo ficará igual à da embalagem da tintura?

A cor final depende de vários fatores, principalmente do tom natural do cabelo. Por serem mais fáceis de cobrir, os fios claros costumam chegar ao tom da embalagem, desde que não tenham nenhum resíduo de uma coloração anterior. Por isso, o indicado é conferir a tabela de tonalidades (que vem nas embalagens de tintura) e, na dúvida, pedir a opinião de um especialista.

Por que parte devo começar a pintar os cabelos?

O ideal é iniciar pelos fios de trás, perto da nuca, que é a região mais fria do couro cabeludo e onde o produto demora mais para fazer efeito. E atenção: deixe para passar na raiz apenas nos momentos finais - por ser a parte mais quente, o produto tem um efeito mais rápido.

O que acontece se eu deixar uma coloração permanente ou semipermanente por mais tempo do que o indicado nas instruções?

Depois de um certo tempo, as colorações permanentes não atuam mais, pois a cutícula já está saturada, explicam os especialistas em tintura. Porém, passar do tempo indicado nas instruções pode irritar o couro cabeludo e, em alguns casos, até causar a queda de cabelo. Já as tinturas sem amônia, como as semipermanentes e temporárias, continuam agindo, o que pode alterar o resultado da cor. Por isso, siga sempre as especificações.

Sou loura, pintei meu cabelo de castanho-escuro e agora quero voltar à cor natural. O que fazer?

Procurar um profissional. Ele fará uma decapagem (remoção da coloração preexistente) e, depois,aplicará a tinta que mais se aproxime do seu tom natural (lembre-se de que tintura não clareia tintura).

O que quer dizer clarear um, dois ou três tons?

Significa passar gradualmente de uma cor mais escura para uma mais clara. Passar de um castanho-claro para um louro-escuro, por exemplo, é clarear um tom. Já do castanho-claro para o louro-claro, é descer três tons.

Clareei meu cabelo e agora quero que ele volte a ser castanho-escuro de novo. Como devo fazer?

Nesse caso não é necessário fazer uma decapagem, pois o processo será de escurecimento. Sendo assim, basta aplicar a tinta sobre o cabelo. Mas é preciso consultar um profissional para ajudar a escolher o tom certo, levando em conta a cor que atualmente está no seu cabelo.

Como cobrir os fios brancos sem mudar a cor?

Se a quantidade de cabelos brancos for muito grande, o ideal é pintá-los com uma tinta que se aproxime ao máximo do seu tom natural. Se não forem tantos assim, menos da metade, um tonalizante da mesma cor do cabelo virgem resolve o problema.

Os tons claros desbotam menos que os escuros?

Sim. Tons louros possuem menos pigmentos, isso os torna mais resistentes ao vento, à poluição, ao sol e ao cloro. Os tons dourados e avermelhados desbotam mais, mas um tonalizante resolve o problema.

Não gostei da cor que passei. Posso aplicar uma tinta mais clara sobre essa para ver se melhora?

Não vai adiantar, pois tintura não clareia tintura. Para conseguir algum efeito, será preciso fazer uma decapagem (tirar todos os pigmentos da coloração anterior) para depois reaplicar uma cor mais clara

Posso usar nas sobrancelhas e nos cílios a mesma tinta que apliquei nos cabelos?

Sim, desde que você não tenha alergia ao produto. "Mas, como os cílios estão em contato direto com os olhos, é preciso muito cuidado para evitar problemas. Prefira a ajuda de um profissional", alerta Simone Fernandes de Sousa, do Jacques Janine.

Posso fazer luzes durante a gravidez?

Não há mais restrições, pois as novas tinturas não levam metais pesados na sua composição, como o chumbo. Porém, alguns médicos recomendam às grávidas evitar as colorações, porque elas podem desenvolver uma sensibilidade tanto ao cheiro quanto ao toque do produto.

Fonte: Revista Nova

Política de Privacidade | Contato | Corpo Perfeito | ©2008 Mais que Beleza